Index Labels

Bailarinos de todo o mundo rumam a Lisboa para aprender com os melhores

. . Sem comentários:

Após 86 anos de existência, chega a Portugal, pela primeira vez, a Genée International Ballet Competition. O concurso mundial de ballet traz à capital bailarinos de todo o mundo, que procuram a oportunidade única de trabalhar com coreógrafos e professores de renome durante cinco dias. No final, os melhores serão premiados.

Todos os anos, uma nova cidade é eleita como palco do evento. Este ano, Lisboa ‘calhou na rifa’ e como tal são também de nacionalidade portuguesa os que foram escolhidos para trabalhar com os jovens participantes do evento.

Com um currículo invejável, o coreógrafo César Augusto Moniz, conhecido do público pela sua participação como jurado em programas como ‘Achas que sabes dançar?’ (SIC) e ‘Let’s Dance’ (TVI), foi o escolhido para criar as coreografias que serão apresentadas pelos candidatos. Afastado destas lides há alguns anos, uma vez que se dedica atualmente apenas à produção de espetáculos, César revela que apesar de a escolha não o ter surpreendido, se sentiu muito feliz com o reconhecimento.

“Para ser sincero, não fiquei surpreendido porque a minha carreira é muito alargada mas fiquei contente. É mais um trabalho em que vale a pena eu dar a minha energia, o meu ADN, e fiquei feliz porque é um evento mundial de qualidade e prestígio, no qual valia a pena o esforço de voltar a coreografar”, afirma ao Notícias ao Minuto, contando que a sua escolha teve a mão da colega Gigi, responsável pelo Royal Academy em Portugal, que foi quem enviou o seu CV para Londres, onde acabaria por ser eleito de entre uma lista de tantos outros coreógrafos. César é assim responsável pelas coreografias que serão apresentadas nos dias 13 e 14 de setembro no Teatro Tivoli (semi-finais) e na final da competição, no dia 16, no Teatro Camões, em Lisboa.

Se a surpresa em relação à sua escolha não foi uma surpresa, o mesmo se pode considerar da escolha do local que acolhe este ano o evento.

"Portugal é, cada vez mais, um sítio atrativo em termos de turismo internacional. Temos estado a ganhar tudo em termos de competições, desde o futebol a outras competições. Lisboa tem tido enorme visibilidade em termos de turismo. É uma cidade pacífica, onde existe paz, onde as coisas são baratas, o estilo de vida é calmo e acolhedor e a nível da dança temos talentos enormes. Portugal reúne todas as condições e mais algumas para que uma competição como esta possa vir fazer-se em Lisboa, que é uma cidade que neste momento está na moda", considera.

O Genée International Ballet Competition é promovido pelo Royal Academy of Dance (RAD) e recebeu o nome da primeira presidente da RAD, Dame Adeline Genée DBE. Esta é uma das mais prestigiadas competições de ballet do mundo, atraindo os melhores jovens bailarinos formados com o programa da RADà escala global.

A edição deste ano conta com dois embaixadores de peso: Valentino Zucchetti, formado pela Genée, medalhado com Ouro em Hong Kong (2006) e Primeiro Solista no Royal Ballet; e a portuguesa Brígida Pereira Neves, bailarina do Tiroler Landestheater e aluna da Genée (Birmingham, 2003).

“Pode esperar-se muita qualidade por parte dos participantes, que vêm de todo o mundo e são bem treinados; as coreografias são difíceis embora pareçam fáceis quando estão a ser bem executadas, mas não é qualquer bailarino que o faz”, antevê o coreógrafo, que considera que a edição do ano passado, em Sidney, faz com que tenha a convicção de que será um espetáculo a não perder.

Fonte

Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE