Index Labels

Metadança no Castelo de Leiria

. . Sem comentários:
O festival de dança Metadança volta Leiria entre 25 de abril e 03 de maio, para a quarta edição que explora as mentiras da cidade e que pode ser última, anunciou hoje a organização.

O festival vira-se este ano para o Castelo de Leiria, explorando o principal monumento da cidade como palco e fonte de inspiração.

"Este ano, chegamos ao topo da cidade, juntando bailarinos e coreógrafos no Castelo", assinala o coreógrafo e organizador do Metadança, João Fernandes, que diz ter preparado esta edição "como se fosse a última".

"Em média, alcançámos 200 espetadores em cada edição e todos os anos aumentamos o número", recorda.

"Infelizmente, as verbas para a cultura são insuficientes e não conseguimos fazer omeletes sem ovos. Desde 2012 utilizo o meu trabalho coreográfico como fonte de financiamento do projeto. É difícil continuar assim. Teremos de repensar o formato", assume o organizador.

O vereador da Cultura da Câmara de Leiria, que apoia e subsidia o festival, reconhece as dificuldades, mas contrapõe: "A nossa perspetiva é a de que esta edição corra bem e que para o ano haja outra vez. Vamos ter o novo museu de Leiria e há o desejo de levar lá o Metadança. O risco de não se fazer para o ano dependerá do sucesso deste ano. Mas não deixamos nunca prejuízo para quem colabora connosco", frisa Gonçalo Lopes.

Como consequência das dificuldades, é a edição mais pequena de sempre, estendendo-se a dois fins de semana. Mas conta com uma parceria especial: a associação de fotografia Zenith 9 contribui com o trabalho de 15 fotógrafos para o contingente de cerca de meia centena de intervenientes neste Metadança.

Um dos momentos mais aguardados será a participação da Escola Superior de Dança. Dez alunos e o professor Francisco Pedro vão explorar mentiras associadas ao Castelo de Leiria.

"Também vamos viajar por várias partes da cidade, como o mercado, a feira, o centro comercial, o autocarro e perceber as mentiras que aí existem", explica Francisco Pedro.

O festival começa a 25 de abril, com "Coreógrafos plurais da dança contemporânea", no Teatro José Lúcio da Silva.

De 27 de abril a 02 de maio, alunos da Escola Superior de Dança apresentam "Princesas # Petas # E Outras Tangas#" em vários espaços de Leiria.

Para o público infantil há o espetáculo "Uma Carta para a Dança", de Marta Tomé, no Moinho do Papel.

A fechar o festival, entre 01 e 03 de maio, a Escola Superior de Dança percorre o Castelo de Leiria com "Mentiras no Castelo".

Fonte


Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE