Index Labels

Vera Mantero apresenta espetáculo no Brasil

. . Sem comentários:
Vera Mantero levará a apresentação "Os Serrenhos do Caldeirão", criada em 2012, a quatro palcos no Brasil, entre os dias 1 e 8 de março, com passagem por Pirenópolis, Cidade de Goiás, Goiânia e Brasília.

A coreógrafa e bailarina portuguesa Vera Mantero apresenta de 1 a 8 de março de 2015, em Pirenópolis, Cidade de Goiás, Goiânia e Brasília, o espetáculo "Os Serrenhos do Caldeirão", numa digressão apoiada pelo Centro Cultural Português (CCP) de Brasília, do instituto Camões.

Esta obra foi criada em 2012, no âmbito do festival "Encontros do Devir", da DeVIR, em torno da desertificação/desumanização da Serra do Caldeirão, no Algarve, em Portugal.

Uma das condições propostas era utilizar imagens e vídeos realizados por Vera Mantero. Baseando-se no trabalho em filme de Michel Giacometti, as imagens projetadas durante o espetáculo acabam por ser "um olhar sobre a sua preciosa recolha e sobre práticas de vida tradicionais e rurais em geral".

Segundo Vera Mantero, "este espetáculo é uma viagem etnológica e um olhar sobre práticas de vida tradicionais e rurais numa ficção antropológica". Além do patrocínio da Direção Geral das Artes (Secretaria de Estado da Cultura de Portugal), a iniciativa conta com o apoio da Embaixada de Portugal no Brasil e do Centro Cultural Português (CCP) – Brasília / Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.

Vera Mantero nasceu em Lisboa em 1966. Estudou dança clássica com Anna Mascolo e integrou o Ballet Gulbenkian entre 1984 e 1989. Começou a sua carreira coreográfica em 1987 e desde 1991 tem mostrado o seu trabalho, a solo ou em grupo, por toda a Europa, Argentina, Brasil, Canadá, Coreia do Sul, EUA e Singapura.

Participa regularmente em projetos internacionais de improvisação ao lado de improvisadores e coreógrafos como Lisa Nelson, Mark Tompkins, Meg Stuart e Steve Paxton. Desde o ano 2000 dedica-se igualmente ao trabalho de voz, cantando repertório de vários autores e co-criando projetos de música experimental.

Em 1999 a Culturgest organizou durante um mês uma retrospetiva do seu trabalho realizado até à data e que se intitulou "Mês de março, Mês de Vera". "Comer o Coração", criado em parceria com o escultor Rui Chafes, representou Portugal na 26ª Bienal de São Paulo 2004.

Vera Mantero ensina regularmente composição e criação em Portugal e no estrangeiro. No ano de 2002 foi-lhe atribuído o Prémio Almada (IPAE/Ministério da Cultura Português) e no ano 2009 o Prémio Gulbenkian Arte pela sua carreira como criadora e intérprete.

Fonte


Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE