Index Labels

Wim Vandekeybus estreia em exclusivo Talk to the Demom no Theatro Circo em Braga

. . Sem comentários:
Wim Vandekeybus estreia sexta-feira no Theatro Circo, em Braga, Talk to the Demon, um espetáculo durante o qual o coreografo belga "procura irradiar uma inocência demoníaca" através de uma criança que "manipula" seis adultos, levando-os a agir como loucos.

O Theatro Circo explica que o Talk to the Demon, considerado pela crítica como "um triunfo da imaginação", integra o ciclo "A Dança dança-se com os pés", que marca a celebração dos 100 anos daquela casa de espetáculos sobe ao palco, em exclusivo, pelos movimentos da Companhia Ultima Vez.

Além do espetáculo, haverá uma conversa com bailarinos e equipa, com entrada livre e uma masterclass com o bailarino Luke Jessop.

"A palavra "demónio" tem uma conotação muito negativa na cultura ocidental, mas pode ter significados diferentes noutras culturas: mágico, curandeiro, a materialização do nada, a nossa parte inconsciente, um palhaço, um anjo caído? A estes quero acrescentar: o instinto de uma criança, não no sentido da criança em palco, mas especificamente no de adultos que interpretam em torno de uma criança", contextualiza o fundador da Companhia Ultima Vez.

O texto explica ainda que em Talk to the Demom Wim Vandekeybus "coloca em palco seis adultos e uma criança" e que é a partir da presença desta criança, "arquiteta de tudo o que acontece", que o coreografo "procura irradiar uma inocência demoníaca que vai manipular os adultos e fazê-los agir como loucos ou palhaços".

Os próximos espetáculos no âmbito de "A Dança Dança-se com os Pés" estão programados para marco, com as apresentações de "Your Majesties, Welcome to the Anthropocene" de Rafael Carriço e Cláudia Martins (Vortice Dance Company) e de "Fall", a mais recente criação do coreógrafo Victor Hugo Pontes.

Fonte


Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE