Index Labels

ENCLUDANÇA regressa para debater inclusão

. . Sem comentários:
Evento é realizado quatro anos depois da primeira edição com o apoio da Associação Cultural Companhia Clara Andermatt

O lançamento do livro ‘Maria de Rodas – Delícias e desafios na maternidade de mulheres cadeirantes’ é um dos pontos altos do Encontro Inclusivo de Dança – ENCLUDANÇA – que regressa depois da primeira edição em 2010. O projecto lançado pelo Dançando com a Diferença durante o processo de consolidação da internacionalização tem nova edição entre os dias 6 e 12 de Novembro, agora numa parceria com a Associação Cultural Companhia Clara Andermatt (ACCCA), entre outros apoios, com iniciativas no Funchal, Calheta, Santa Cruz, Almada e Lisboa.

O ENCLUDANÇA nasceu para promover o debate a partilha de experiências nesta área e assim promover o conhecimento e o desenvolvimento em termos de práticas inclusivas essencialmente na área artística. “Questionar as diferentes formas de utilização dos conceitos ‘diferença’ e ‘inclusão’, quando se fala dos trabalhos artísticos onde há a participação de pessoas com deficiência, foi o primeiro propósito deste evento”, refere a organização, que espera voltar mais cedo, mas só agora conseguiu a segunda edição.

“Não temos a ilusão de que teremos, para já, magníficas conclusões. Qual é o real contributo estético-artístico de artistas com deficiência no universo das Artes Cénicas?”, questionam, uma pergunta à espera de reposta e que certamente será um dos temas em debate nestes dias. O programa inclui o Encontro Normal com a Diferença, a ser dinamizado em parceria pela coreógrafa Clara Andermatt e pelo director artístico do Dançando com a Diferença, Henrique Amoedo, com início na sexta-feira, pelas 17 horas. “Serão dois dias e meio de uma acção de formação intensiva com profissionais, maioritariamente da área da dança e também de outras áreas artísticas como a música, o teatro, o vídeo ou a performance. Um encontro que reúne cerca de 20 intérpretes e criadores com e sem deficiência e pretende proporcionar experiências, olhares e reflexão sobre diferentes formas de expressão e comunicação”.

Além deste, de desatacar ainda o lançamento do livro ‘Maria de Rodas – Delícias e desafios na maternidade de mulheres cadeirantes’, da autoria de Carolina Ignarra, Tatiana Rolim e Flávia Cintra, uma obra a ser apresentada por Paulo Cafofo, presidente da Câmara Municipal do Funchal, na abertura do ENCLUDANÇA, esta quinta-feira, às 18h30, no Átrio do Teatro Baltazar Dias. Na ocasião vai estar presente Flávia Cintra, jornalista, repórter do Fantástico (TV Globo), que ficou tetraplégica aos 18 anos. O programa tem espaço também para o espectáculo, nomeadamente com o grupo de dança Movimentarte (São Paulo - Brasil); e com o projecto Transformar Dançando (Centro de Atividades Ocupacionais – São Viente), na sexta-feira no Centro das Artes, e com Khalid K e Félix Lozano, em princípio na Casa de Cultura de Santa Cruz, no sábado, pelas 22 horas.

Fonte




Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE