Index Labels

Companhia de Dança de Almada já atraiu 6.000 espetadores na China

. . Sem comentários:
Cerca de seis mil pessoas acorreram aos quatro espetáculos já realizados na China pela Companhia de Dança de Almada, num número inédito na história do agrupamento, disse hoje à Lusa a diretora da companhia, Maria Franco.

"Nunca atuámos em espaços com tanta gente. Estamos muito contentes com a receção, embora o público, aqui, seja contido a aplaudir", afirmou Maria Franco.

A Companhia de Dança de Almada, um dos poucos agrupamentos profissionais portugueses de dança contemporânea, iniciou na sexta-feira passada uma digressão de duas semanas pela China, organizada por um produtor local.

"Ele viu o nosso trabalho na internet e convidou-nos", contou Maria Franco.

A digressão começou em Hanzghou, capital da província de Zhejiang: "Houve um dia em que tivemos três mil pessoas e outro com duas mil", referiu a responsável.

Depois de Hangzhou, os oito bailarinos da Companhia de Dança de Almada seguiram para Xangai, onde até ao próximo domingo têm programados quatro espetáculos.

Um dos espetáculos, a coreografia "Jogos de Letras", dirigida sobretudo a crianças e educadores, decorre no âmbito do Festival Internacional de Artes de Xangai."

A outra peça do reportório apresentado na China, "Casa do Rio", é uma coreografia de Benvindo Fonseca baseada na música tradicional portuguesa.

É a primeira digressão da companhia na China e terminará em Pequim no dia 16 de novembro.

A Companhia de Dança de Almada, fundada em 1990 com o apoio daquela autarquia da margem do sul do Tejo, já atuou em cerca de uma dezena de países, do Brasil à Polónia.

Fonte


Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE