Index Labels

Quatro espetáculos internacionais de dança abrem temporada do Virgínia até Dezembro

. . Sem comentários:
Quatro espetáculos de dança - de Marrocos, França, Equador e Portugal -, inseridos no Festival Materiais Diversos, abrem, este mês, a temporada do Teatro Virgínia, em Torres Novas, até ao final do ano.

A programação de setembro a dezembro arrancou de facto na segunda-feira, com o início do estágio para jovens instrumentistas torrejanos, a decorrer ao longo desta semana e a culminar com um espetáculo no sábado à noite, fruto do trabalho feito sob a batuta do maestro Ferrer Ferran (de Valencia, Espanha).

No dia 20, o Virgínia recebe dois espetáculos inseridos no Festival Materiais Diversos (que decorre de 18 a 27 de setembro em Minde, Alcanena, Torres Novas e Cartaxo), "La 36ème chambre", do francês Kevin Jean, e "Ha!", da marroquina Bouchra Ouizguen.

Os outros dois, "A Mary Wigman Dance Evening", por Fabián Barba (Equador/Bélgica), complementado por uma conferência e um documentário, e "Fica no Singelo", pela Companhia Clara Andermatt (Portugal), estão agendados para os dias 25 e 27, respetivamente.

A dança continuará representada ao longo dos meses mostrando as novas criações do torrejano David Marques, "Kin" (15 de novembro), de Rui Horta, "Hierarquia das Nuvens" (24 de outubro), e o mais recente trabalho de Victor Hugo Pontes, "Zoo" (13 de dezembro).

"Vera Mantero, figura mítica da dança contemporânea, fará da voz matéria de trabalho, interpretando clássicos americanos, com Nuno Vieira de Almeida ao piano", no dia 18 de outubro, sublinha uma nota do Virgínia.

O teatro estará igualmente presente, com Os Artistas Unidos a apresentarem, no dia 11 de outubro, o texto de Tennessee Williams "Gata em telhado de zinco quente" e a companhia Primeiros Sintomas, com "Cyrano de Bergerac", encenado por Bruno Bravo, com a participação de 20 participantes da comunidade local, no dia 08 de novembro.

O cartaz musical inclui os concertos de Dead Combo (25 de outubro), Ana Bacalhau (22 de novembro) e da Orquestra Jazz de Matosinhos com o Trio Azul de Carlos Bica (20 de dezembro).

Espetáculos para crianças, que podem ser vistos em família, um conjunto alargado de encontros, conversas pós espetáculos, workshops e residências artísticas "continuam a afirmar o Lab Criativo - Serviço Educativo como um dos pilares chave do trabalho do Teatro Virgínia".

Fonte


Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE