Index Labels

Dançar ajuda a reduzir a dor nos idosos

. . Sem comentários:
A pesquisa, revelada pela revista Geriatric Nursing, envolveu 34 idosos, com idade média de 80 anos, todos sofrendo de dor ou rigidez nos joelhos ou quadril, como resultado, na maioria dos casos, de artrite.

Os idosos, na sua maioria mulheres, foram distribuídos por grupos, o primeiro grupo dançava 45 minutos, duas vezes por semana, o segundo grupo não dançava. O estudo durou 12 semanas, no final registou-se uma melhoria significativa na condição dos participantes dançantes, com menos dores nos joelhos e quadril, sendo também capazes de caminhar a maior velocidade do que os participantes não dançantes. A utilização de medicamentos para a dor foi reduzida em 39% nos idosos no grupo de dança e aumentou 21% nos idosos do segundo grupo. As conclusões sobre a velocidade de caminhada são importantes, porque os idosos que caminham muito lentamente são mais propensos a cair, serem hospitalizados ou necessitarem de outros cuidados. Caminhar um pouco mais rápido pode fazer a diferença para uma pessoa para atravessar a rua mais rapidamente ou chegar ao banheiro mais rápido, que mantém os idosos funcionais e independentes. No estudo, aqueles que dançavam não andavam dramaticamente mais rápidos , mas tiveram uma mudança significativa na sua velocidade de caminhada.





Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE