Index Labels

Algarve conquistou 24 medalhas na maior competição mundial de dança

. . Sem comentários:
As escolas de dança algarvias conquistaram 24 medalhas e cinco prémios especiais nas finais da Dance World Cup 2014, que terminou no sábado no Centro de Congressos do Arade, em Lagoa, após sete dias intensos de competição entre três mil crianças e jovens de 27 países.

O balanço é “mais que positivo” para o Algarve, região anfitriã do evento ao qual terão assistido cerca de oito mil pessoas, adiantou, em comunicado, o presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA).

Para Desidério Silva, a realização de um evento “de tamanha envergadura” no Algarve é a prova de que a região “tem capacidade para acolher grandes acontecimentos de diversas áreas”, do golfe à dança e do automobilismo à música.

“Além do mais, é um orgulho acrescido saber que as escolas algarvias saíram da competição com tantas medalhas de ouro, prata e bronze. Felicito desde já os nossos bailarinos por estes excelentes resultados”, frisou o dirigente.

Só a Companhia de Dança do Algarve, em Faro, conquistou 22 medalhas nos estilos de Dança Clássica, Dança de Caráter, Dança Contemporânea e Hip Hop.

A companhia viu ainda os seus bailarinos serem agraciados com cinco prémios especiais, atribuídos pelo júri da edição de 2014 do campeonato: Melhor Bailarino, Melhor Quarteto e Melhor Grupo de Dança Contemporânea, todos na categoria de crianças (até aos 13 anos), e Melhor Quarteto e Melhor Grupo de Dança de Caráter na categoria de jovens (até aos 25 anos).

Para completar o conjunto das distinções algarvias, a Academia de Dança do Algarve, em Faro, recebeu uma medalha de ouro no estilo Hip Hop e a Academia de Dança de Albufeira uma de bronze pelo seu número de sapateado.

O campeonato do mundo de dança arrancou no dia 29 de junho, no estádio da Bela Vista de Lagoa, e assentou depois no Centro de Congressos do Arade, também em Lagoa, para sete dias de provas que envolveram uma logística complexa e quase duas mil pessoas na equipa operacional, entre organização, técnicos e voluntários.

“Esta foi a edição mais bem-sucedida e bem organizada de sempre. O equipamento do Arade revelou-se perfeito para as nossas necessidades: é um centro de primeira categoria. E fomos muito bem recebidos… Apreciámos imenso a hospitalidade portuguesa durante toda a semana”, afirmou o diretor do campeonato, John Grimshaw.

A gala de encerramento de sábado teve a sala cheia e os 950 lugares do auditório não foram suficientes para todas as pessoas que queriam assistir às atuações dos vencedores da secção júnior.

A sala à parte, de acesso livre, preparada com um ecrã gigante que exibia em tempo real o que decorria no palco foi, por isso, a solução perfeita para quem não conseguiu lugar sentado no interior do auditório.

Já passava da uma da manhã quando o fogo-de-artifício iluminou o céu anunciando o fim da Dance World Cup 2014, evento que conseguiu reunir diferentes países e culturas no Algarve em torno de uma linguagem comum: a dança.

Fonte


Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE