Index Labels

Bailarina portuguesa em palco no Uruguai

. . Sem comentários:
O espetáculo "A Power Ballad", da bailarina e coreógrafa portuguesa Mariana Tenger Barros, cocriado e representado com o norte-americano Mark Tompkins, é apresentado esta semana no Uruguai.

De acordo com informação disponibilizada na página da Internet da Direção-Geral das Artes (DGArtes), "A Power Ballad", "um dueto cocriado e interpretado por Mariana Tengner Barros e o coreógrafo norte-americano Mark Tompkins", é apresentado na segunda e na terça-feira no Teatro Solis, em Montevideu, no âmbito do FIDCU - Festival internacional de dança contemporânea do Uruguai.

Na génese do espetáculo está o mútuo fascínio dos criadores pelo universo artístico de cabaret burlesco associado à estética de “old glamour” e de decadência do “showbiz”.

”A Power Ballad” terá como base pequenas ficções sobre figuras excêntricas e decadentes que lidam com o vazio de um pós-fama num corpo envelhecido que já não corresponde ao “ideal”, ao cânone evolutivo estruturado pela sociedade ocidental baseado no consumo de mercadorias, pode ler-se no site da DGArtes.

Este espetáculo foi apresentado pela primeira vez em dezembro, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.
Em agosto do ano passado, o solo "The Trap", de Mariana Tengner Barros, venceu o Prémio do Público no ImpulsTanz-Festival Internacional de Dança de Viena, na Áustria.

Mariana Tengner Barros apresentou "The Trap" nos dias 11 e 14 de julho de 3013 na Schauspielhaus, em Viena. O solo foi estreado em 2011, no Festival Circular, em Vila do Conde.

Como criadora, apresentou os solos "And So?..." e "The End", em 2010, e "Après Le Bain" e "The Trap", em 2011, trabalhos levados à cena em Portugal, Reino Unido, França, Espanha e Bélgica.

Colaborou com vários artistas, designadamente nos projetos "Agnieszka Dmochowska/Fat Sun", na Polónia e na Áustria, "Said Dakash & The Resistance Movement", na Finlândia e no Reino Unido, entre outros.
Mariana Tengner Barros é licenciada em dança pela britânica Northern School of Contemporary Dance, tendo recebido o prémio University of Leeds Arms pela peça "Outstanding Achievement".

A bailarina e coreógrafa estagiou no Ballet de Munique, sob a direção artística de Philip Taylor, em 2004, e completou o Programa de Estudo e Criação Coreográfica-PEPCC (Portugal 2009), do Fórum Dança, tendo tido formação com Francisco Camacho, Vera Mantero, Miguel Pereira, João Fiadeiro, Deborah Hay, Lisa Nelson, Mark Tompkins e Meg Stuart, entre outros.

Fonte

Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE