Index Labels

O dançar não tem tamanho

. . Sem comentários:
É verdade que a maioria das companhias de dança só aceitam bailarinos com a melhor forma física possível e rejeitam quem tiver peso a mais. A Danza Voluminosa veio oferecer precisamente o oposto, uma companhia de dança para pessoas obesas.

O principal objetivo de Juan Miguel Más, fundador e diretor da companhia, foi conciliar as técnicas da dança moderna, às possibilidades físicas das pessoas com peso a mais. A criação da Danza Voluminosa tem também como propósito o desenvolvimento artístico dos bailarinos, para desta forma aprenderem a interagir com a sociedade.

O grupo é de momento formado por sete elementos, seis mulheres e um homem e tem aos poucos foi conseguindo o estatuto de companhia de dança profissional. Até ao momento, a equipa liderada por Juan Miguel Más já produziu três grandes coreografias, 30 trabalhos mais pequenos, entre os quais estão englobados o Lago dos Cisnes e espetáculos de Can Can. Tiveram ainda direito a um documentário sobra a companhia, intitulado de Defying Gravity.

A «maior» companhia de dança da atualidade já tem estatuto de profissional, apesar de nas primeiras apresentações não os levarem muito a sério, como explicou Juan Miguel Más ao jornal britânico, Daily Mail. Segundo o fundador, no início dos espetáculos eram recebidos com gargalhadas e sem grande credibilidade, mas no final da atuação todo o grupo era muito aplaudido.

O Danza Voluminosa, anteriormente tratado por «Crisalidas», não cinge-se apenas a pessoas obesas, mas também a reformados do mundo da dança, que «não servem mais para o trabalho». Já tiveram também a oportunidade de trabalharem com pessoas com sida, havendo sempre espaço para todo o tipo de pessoas nos seus espetáculos.



Fonte



Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE