Index Labels

Crianças que dançam são mais felizes

. . 1 comentário:
Cada vez mais se verifica a tendência do ensino pré-escolar contemplar nas suas atividades as artes criativas, como as artes plásticas, a música, o teatro e dança. Os pais acabam por reconhecer as muitas vantagens que o ensino artístico tem na educação dos seus filhos, pois, as crianças aprendem com as experiências do próprio corpo a agir e a interagir com as pessoas que as rodeiam.

A dança prioriza uma educação motora consciente e global, mas promove também o desenvolvimento psicológico da criança. A criança que dança aumenta a sua autoestima e segurança, e tem maior facilidade em socializar e fazer novas amizades. A nível físico, a dança melhora a postura e coordenação motora, aumenta a flexibilidade, desenvolve a resistência muscular e beneficia o sistema cardiovascular. No desenvolvimento da criança, nota-se uma maior rapidez na aquisição da agilidade e rapidez de raciocínio, e da noção de lateralidade e espaço. É ainda importante para ensinar a respeitar regras, incitar o empenho para obter resultados positivos (sucessos) e a capacidade para assimilar frustrações (fracassos).

Na prática da dança desenvolve-se:
- o tacto - sentir os movimentos e seus benefícios para o corpo
- a visão - ver os movimentos e transformá-los em atos
- a audição - ouvir a música e dominar o seu ritmo
- o afeto - emoções e sentimentos transpostos na coreografia
- o cognitivo - raciocínio, ritmo, coordenação
- o motor - esquema corporal, coordenação motora, equilíbrio e flexibilidade

Na iniciação do processo de aprendizagem, seja qual for a modalidade escolhida, é necessário que as aulas tenham carácter lúdico, mas dinâmico, para que se tornem, antes de tudo, prazer. Ao mesmo tempo, são trabalhados itens básicos e necessários para que, gradualmente, se aumentem as exigências técnicas.

O filósofo suíço Jean Piaget (1896-1980), um dos maiores teóricos do desenvolvimento infantil, acreditava que a realidade das crianças é vivida e interpretada por meio das sensações físicas e não do pensamento. A dança promove a consciência do espaço, a disciplina física e o conhecimento do seu corpo. Dançar faz bem para o corpo e para a mente.

Quem dança é mais feliz!

Fonte

Texto adaptado por Rita Bastos | eDANCE



1 comentário:

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE