Index Labels

À Conversa com...Rita Spider "De volta a Portugal"

. . Sem comentários:

Rita Spider é uma das bailarinas portuguesas mais completa e versátil. Nasceu em Lisboa em 1983, mas foi em Sintra, onde cresceu, que deu os primeiros passos de dança. Do ballet ao hiphop, apostou numa formação ampla e diversificada que lhe permitiu alcançar diversos palcos nacionais e internacionais.

Fã incondicional do Rei do Pop, Michael Jackson, Rita passou a sua infância a copiar as sequências de dança dos seus vídeos. Recentemente, integrou o coletivo do Cirque du Soleil na produção de homenagem a Michael Jackson, com a qual correu o mundo em digressão, um sonho realizado?

Quase a completar 30 anos, Rita Spider está de volta a Portugal para iniciar novos projetos e o In Dancing Shoes esteve à conversa com ela.

Como surgiu a dança na tua vida?
O meu primeiro contacto com a dança, era eu muito nova, mais ou menos 4 ou 5 anos de idade.
A minha mãe abriu um dos primeiros ginásios de Mem Martins, o Visaginásio, logo, acabei por crescer num ambiente artístico e saudável, à volta da dança, do fitness e da música.

Como surgiu a tua paixão pelo HipHop? 
Tinha 8 ou 9 anos e a cultura HipHop foi para mim um Mundo novo, mas rapidamente me apaixonei por toda a cultura.
Ao nível da dança urbana tive contacto com alguns professores de dança, que me mostraram e ensinaram alguns passos, fui encontrando b.boys pelas ruas, e mais tarde procurei mais e mais sobre esta cultura e... descobri um enorme leque de estilos.
Apaixonei-me e fiquei Viciada!

Tens uma percurso profissional invejável e com muitos marcos importantes. Quais os que mais te marcaram?
Qualquer curso, qualquer espetáculo, qualquer battle ou concurso, foram marcos importantes para mim! Até mesmo dar uma aula é um marco. Agradeço tudo o que fiz até hoje da mesma forma!


E os espetáculos de maior dimensão?
Aí, posso dizer que trabalhar com o Cirque du Soleil, nesta produção que é a maior homenagem feita ao King of The Pop, Michael Jackson, foi um marco na minha carreira como bailarina. Isto porque juntou dois sonhos e objetivos que queria atingir.
É claro que os concursos televisivos em que entrei foram igualmente importantes. Por exemplo, o Aqui há Talento, com os Abstractin', e o facto de termos vencido, foi uma porta para avançar com novos projetos.

Recentemente integraste o elenco de bailarinos do Cirque du Soleil, como foi que chegaste lá?
Já tinha feito anteriormente a audição para o Cirque du Soleil, mas desta vez recebi uma convite para ir ao casting para esta produção específica. Passei todas as fases e ali cheguei!
Foi um experiência ótima! No casting estavam bailarinos que são ídolos para mim. Adorei!

Imagino que esta seja uma experiência única, ainda para mais sendo tu fã incondicional de Michael Jackson, como te sentes neste desafio?
Sinto que é um sonho realizado, mas ao mesmo tempo uma enorme responsabilidade, por fazer parte deste espetáculo e por ser a única Portuguesa a integrar esta produção.

Nesta tourné mundial o que mais gostaste?
Tudo o fiz, tudo o que vi, tudo o que aprendi, tudo, tudo, tudo...tem sido uma experiência maravilhosa.
A Tour no Norte da América (USA, Canada e México) foi excecional. Recentemente, passámos pelo Japão e foi maravilhoso.
Mas do que mais gostei mesmo foi do processo criativo do espetáculo. Foram quase 6 meses de criação onde tive a oportunidade de trabalhar com grandes coreógrafos e pessoas que trabalharam diratemente com o Michael Jackson durante a carreira dele. Foi um enorme desafio!

Encontraste alguma dificuldade neste desafio?
Dificuldades a nível de trabalho, felizmente foram rapidamente resolvidas, pois com treino e dedicação consegui superar todas.
Ali, temos que trabalhar muito para conseguir estar ao nível dos outros artistas e poder contribuir cada vez mais para um excelente espetáculo.


O que foi mais fácil para ti?
A maior facilidade para mim foi a nível coreográfico. Talvez porque eu sou versátil a nível técnico e me adapto bem a qualquer estilo, porque fiz formação em várias áreas e também, porque já conhecia bem o repertório de dança do Michael Jackson.

Vais regressar a Portugal em breve, quais os teus próximos projetos?
Estarei em Portugal em Setembro! Já posso dar um cheirinho que estarei em Lisboa para dar um Workshop Intensivo durante o mês de Setembro. Depois tenho mais projetos mas ainda estão no Segredo dos Deuses. Sigam o meu facebook que vão aparecer por lá.

Agora, com mais um sonho realizado, qual o teu "grande" sonho?
São tantos, tantos, tantos!!!
Prefiro realizar primeiro e depois dizer que era um Sonho realizado! :)

Texto de Rita Bastos | eDANCE
Fotografias cedidas por Rita Spider


Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE