Index Labels

O Papel da Dança no Equilíbrio das Crianças por Micaela Larisch

. . Sem comentários:
A dança, para muitas crianças, surge como a disciplina que em casa, por vezes não têm, permitindo-lhes adquirir coordenação, postura, cumprimento de regras e ritmo. A dança é sempre acompanhada de música, ajudando assim na concentração, pela aprendizagem de contagem de tempos e coordenação de ritmo do corpo. Fixar os movimentos, sequências, compassos, dá uma flexibilidade que facilmente se transpõe para outras áreas de uma forma natural, quando interiorizada.

Para quem já tem bons hábitos de casa, a prática deste tipo de disciplina só vem reforçar a harmonia e equilíbrio. Este equilíbrio é, não só importante para a criança ou jovem, mas também para as suas famílias, formando assim um círculo em que todos beneficiam – uma criança equilibrada tem bons resultados na escola, adoece menos e é feliz. É também uma preciosa ajuda para a socialização, trabalhando o faz-de-conta e trabalhando a inserção do indivíduo em grupo.

O nosso papel, nos dias que correm de grandes dificuldades para todos, é ajudar a ultrapassar esta fase, conseguindo que a dança continue a poder ser leccionada e frequentada, ajudando a manter a saúde física e mental de quem a pratica. Para isso, professores, escolas e todos os que de alguma maneira estejam ligados à dança, devem ter uma acção de ajuda, para que a dança possa continuar.

Ao vestirmos jovens bailarinos pensamos contribuir para complementar o trabalho de quem os ensina e ensaia, nunca sobrepondo a nossa arte, mas complementando e valorizando a essência tanto do trabalho em aula como da coreografia em palco, esperando que os ajude no amadurecimento com as experiências que vão vivendo.

É gratificante quando sabemos que temos fâs que reconhecem toda a energia que pomos no vestuário de dança que criamos e produzimos, com dedicação, de uma forma industrial mas com requintes de atelier.

A dança desenvolve a consciência do próprio corpo, tolerância e apreço pelos outros, confiança, musicalidade, socialização e criatividade. A dança é uma intensa forma de expressão que pode ajudar as crianças a explorarem os seus sentimentos.

A dança na vida da criança deixou de ser apenas uma educação artística, e, passou a fazer parte do seu desenvolvimento como pessoa, com ela própria, com os outros e com o próprio meio.

Fonte

Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE