Index Labels

Indemnizações compensatórias para a cultura rondam os 22 milhões de euros para 2013

. . Sem comentários:
As indemnizações compensatórias às entidades culturais públicas totalizam este ano 22,1 milhões de euros, o mesmo valor de 2012, sendo a maior fatia destinada ao Organismo de Produção Artística (Opart), cuja extinção foi suspensa.

Hoje foi publicada em Diário da República a lista das entidades e empresas que recebem indemnizações compensatórias por prestação de serviço público e dela fazem parte os teatros nacionais D. Maria II e São João e o Opart, organismo que reúne o Teatro Nacional São Carlos e a Companhia Nacional de Bailado (CNB).

No total, serão atribuídos 22.188.746 euros para a área cultural, dos quais 15 milhões de euros serão afetos ao Opart, organismo cuja extinção chegou a ser anunciada por via da reforma da administração central do Estado, mas que foi entretanto suspensa.

Fonte do Teatro Nacional de São Carlos confirmou à agência Lusa que o Opart, criado em 2007, não foi extinto e continua em funções, com João Villa-Lobos e César Viana no conselho de administração.

Os 15 milhões de euros para o Opart serão repartidos entre a Companhia Nacional de Bailado e o Teatro Nacional São Carlos, embora a resolução publicada hoje em Diário da República não especifique a quantia exata para cada uma das estruturas culturais.

O Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, receberá 3,3 milhões de euros e o Teatro Nacional São João, no Porto, terá direito a 3,8 milhões de euros.

Fonte

Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE