Index Labels

Diogo Oliveira, o menino prodígio da dança

. . Sem comentários:
Com apenas 14 anos, o aluno da Escola Domus Dança (EDD), de Matosinhos, tem vindo a conquistar medalhas em todos os concursos em que participa, como foi o caso do ouro que arrecadou no DançArte e no Leiria Dance Competition.

Este ano, depois de ter vencido, na categoria de Solista Clássico Júnior, a semifinal europeia do YAGP (que decorreu em Setembro de 2012 em Paris), Diogo foi também o europeu que se destacou, este mês, na final do YAGP.

Todos os anos, o concurso norte-americano junta jovens bailarinos vindos dos quatro cantos do mundo e, além de seis medalhas principais (que este ano não foram atribuídas a nenhum europeu) distingue as melhores prestações com bolsas de treino em escolas de dança internacionais.

O jovem portuense conseguiu o melhor desempenho na sua categoria e foi convidado a ingressar a academia Orlando Ballet School, na Florida, a Rock School for Dance Education, em Filadélfia, e a Académie de Danse Princesse Grace, no Mónaco.

Alexandre Oliveira e Sílvia Boga, professores de dança e tios do jovem bailarino, confirmaram ao Boas Notícias que, "no seu ainda curto percurso, Diogo Oliveira foi premiado em todos os concursos [e audições] em que se apresentou".

O jovem bailarino frequenta o 9º ano de escolaridade e concilia os estudos com a sua formação em Dança, na EDD, onde integra o programa formativo do Projeto de Excelência em Dança. "Este Verão vai regressar aos EUA para um estágio na School of American Ballet", escola oficial do New York City Ballet, contam os professores, que são ex-bailarinos.

Aos prémios conquistados na edição de 2013 do YAGP, que decorreu entre os dias 12 a 18 de Abril, vêm juntar-se outras seis bolsas oferecidas ao jovem bailarino no decurso deste ano letivo.

Diogo Oliveira recebeu bolsas para integração na School of American Ballet, em Nova Iorque, na Escola de Ballet da Ópera de Viena, na Académie de Danse Princesse Grace, no Mónaco, na Escola de Dança do Conservatório Nacional, na Stage de Danza Marisa Yudes, em Barcelona, e no Centro Danza Victor Ullate, em Madrid.

Agora, resta ao aluno, com o apoio da família, optar pela "oferta que seja mais adequada". Embora nos próximos meses vá permanecer em Portugal, a certeza é de que, em breve, este menino prodígio da dança vai partir para uma "escola internacional para, depois, iniciar uma carreira como bailarino profissional".


Fonte

Sem comentários:

Enviar um comentário

Queres publicar as tuas notícias no IDS? Tens alguma sugestão para nós? Envia para indancingshoes@edance.pt

Publicidade

Contribui para o IDS

Andam a dançar por aqui

SEGUE O IDS

PUBLICIDADE